Xcopter – Praia de Salir do Porto

16 de Maio de 2015

Tour Guide_2014-12-24_18-40-12

No fim de 2014 e aproveitando o bom tempo da altura, fiz uns voos na praia de Salir do Porto que deram origem a dois videos. Estes videos foram feitos sem grande preocupação e cada um deles é acompanhado de música, num caso mais animada e no outro menos. Nesta altura ainda não tinha trocados os rolamentos nem recalibrado as hélices pelo que é possível ver alguma vibração na imagem.

Apesar de já os ter publicado no YouTube à algum tempo, ainda não tinha criado o artigo respectivo para o blog mas aqui fica. Também mostro uma imagem do Google Earth feita com a telemetria de um dos voos obtida via Bluetooth com a aplicação Droide Planner 2. É bem perceptível a altura em que subo e desco a duna e todas as voltas que dou de um lado para o outro.

De resto não há novidades, é carregar as baterias e ir para algum lado voar. Não sei se pelas condições climatéricas do último voo em que estava muito vento ou se por outra razão, noto alguns movimentos horizontais não esperados como que uma vibração visivel nos extremos da imagem. Tenho de confirmar e testar outras configurações do gimbal.

Xcopter – Voos no Arelho

11 de Maio de 2015

Finalmente, após cerca de 23 anos volto a levantar voo na pista do Arelho. Nessa altura foi com um pequeno avião de treino a metanol com um motor de 1,5 cm3 de cilindrada. O primeiro e último melhor dia em que alguma vez voei foi nesta pista.

Da outra vez que houve um encontro “underground” do FPV Portugal no Arelho não pude estar presente com muita pena minha mas desta vez estavam reunidas as condições certas. Estava na região e trouxe o Xcopter já a pensar em fazer uma voos nesta pista.

Apesar de curto, foi um excelente convívio e deu para trocar algumas impressões com o pessoal que já conhecia do fórum. Tive oportunidade de ver uma asa preparada para FPV e “voar” por cima da zona da pista. É engraçado mas acho que se me meter no FPV vou enjoar e vomitar-me todo.

Deixo também um video feito à mais tempo de um quadrupede amistoso e interessado no Xcopter. Este cão já está habituado a ver-me a voar naquele local pelo que já sabe o que o espera se se aproximar demais. Este pelo menos sabe manter a distância mas para ele é apenas brincadeira.

Xcopter – Na falta de novidades, uns voos

26 de Abril de 2015

IMG_20150423_101330

Após várias semanas sem voar, voltei a fazer uns voos nos dias em que o vento estava calmo e não chovia. Ficam aqui uns videos no local do costume e mais uma vez o Xcopter portou-se muito bem, foi só meter baterias carregadas, esperar que agarrasse satélites e levantar voo.

Num dos videos é possível ver uma atrapalhação da minha parte, perdi a orientação e já não conseguia controlar o Xcopter. O que vale é que estava alto e passou por cima da primeira árvore. Larguei o comando e depois de perceber para onde estava virado consegui ganhar o controlo.

No outro video pode ver-se a loucura que um quadcopter consegue criar a um cão. Pelo que a dona disse, está habituado a brincar com um avião de esferovite. Acho que conseguia manter o Xcopter no ar 12 minutos até o cão se fartar ou então ir aterrar para longe.

Numa outra nota, no fim-de-semana fui ao Media Markt e estavam lá uns quantos DJI Phantom 2 equipados com gimbal Zenmuse H4-3D e uma bateria extra por uns 850 Euros. Era só “investir” mais 500 Euros, comprar uma GoPro Hero4 e ir fazer casamentos que está a começar a época. :)

Xcopter – 3 anos de projecto

1 de Março de 2015

xcopter_logo

Já fazia umas semanas que não voava com o Xcopter devido ao mau tempo e aproveitei a manhã de Domingo para desenferrujar. Ainda pensei que já não conseguisse pilotar bem mas não tive problemas.

 

O Xcopter também se portou bem, foi só carregar as baterias e voar. Continua suave ao voar de um lado para o outro em modo Stabilize, o Loiter também se portou bem pois conseguiu ficar parado mesmo com algum vento.

IMG_20150117_155804

IMG_20150117_155820

Uma das razões pela qual voa suavemente e com nenhum ou quase nenhum efeito gelatina nos videos é porque da última vez que calibrei as hélices utilizei um método mais “sofisticado”. No entanto preciso ainda de investir algum tempo a configurar o gimbal.

 

Já faz mais de 3 anos que comecei este projecto e foi no fim de Março de 2012 que fiz os primeiros voos experimentais ainda com muito por fazer até chegar aos quadcopter que tenho hoje. Daqui para diante ainda não sei como voi evoluir mais o Xcopter mas hei-de lembrar de algo.


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.