Longboard – Segundas Impressões

IMG_20160818_194656

Faz algum tempo que não coloco novidades aqui no blog, nomeadamente sobre as minhas aventuras com a longboard eléctrica. Vou descrever algumas das minha experiências recentes, algumas boas e outras dolorosas.

No segundo dia em que comecei a andar de longboard eléctrica fui ganhando mais confiança e testando o meu equilíbrio e capacidades. Tudo parte da aprendizagem de alguém que nunca andou de skate antes.

Uma das funcionalidades presentes numa longboard eléctrica é ter a capacidade de se usar o motor para travar. Convenhamos que sendo uma longboard eléctrica ou não, a possibilidade de travar é algo a ter.

Existe agora uma questão física simples que tem de ser tida em conta em qualquer veículo motorizado ou não quando existem travões, chama-se inércia. A primeira lei de Newton é tramada, obriga a extremo cuidado e formas de retenção para objectos em movimento.

IMG_20160818_194624

Como ainda não existem formas de retenção em skates, vulgarmente chamados de cintos de segurança, estava eu a testar os travões da longboard, quando saí disparado em frente. Ainda tentei correr para recuperar o balanço mas foi impossível. Quando dei por mim estava estatelado no chão.

Levantei-me imediatamente e comecei a avaliar os estragos. Protecção do cotovelo direito rasgada, casaco rasgado e pele do cotovelo também rasgada. Joelheiras raspadas e protecção dos pulso também raspadas. O capacete desta vez, e espero que nunca por razão de queda, não ficou raspado nem foi ao chão.

Fiquei contente, felizmente a decisão de comprar as protecções foi acertada. Nem imagino como teriam ficado as mãos se tivessem ido directas ao alcatrão. Em casa ainda descobri a anca raspada assim como um joelho. Nada que não cicatrizasse sem assistência médica.

Toda a situação foi boa e má ao mesmo tempo. Foi má porque eu estava “in the zone”, a curtir muito a sensação de andar de longboard eléctrica e a ganhar confiança quando foi tudo interrompido. E foi boa porque faz parte da aprendizagem, estes erros devem ser cometidos cedo para que se aprenda rapidamente e não aconteçam mais tarde e em situações menos controladas.

IMG_20160818_194919

Não sei se existe alguma moral nesta história mas as protecções são obrigatórias neste tipo de actividade. Todo o cuidado é pouco e começa-se a ler em fóruns relatos de acidentes com longboards eléctricas uns menos graves, alguns muito graves com consequências físicas permanentes e também mortes.

Fica aqui este alerta porque nunca é demais chamar a atenção para a necessidade de nos protegermos de acidentes estúpidos. Todo o cuidado é pouco, é necessário estar sempre alerta e agir em antecipação. O mundo que nos rodeia ainda não está ciente da existência de longboards eléctricas.

E para acabar de uma forma mais alegre, deixo aqui uns vídeos meus a aprender a andar de longboard eléctrica. Outros vídeos virão para vosso entretenimento.

Etiquetas: , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: